16.10.17

Clipe aula 05


Experimentar materiais

Neste encontro cada um trabalhou com o material que escolheu na aula passada.
Antes, observamos e discutimos algumas imagens de trabalhos apresentados pela equipe de educadores.



Em seguida, todos concentrados nos seus próprios projetos.





Aqui estão alguns trabalhos:









4.10.17

Clipe aula 04


Explorando a espuma

No nosso último encontro começamos com uma roda em torno da mesa onde os trabalhos da reunião passada estavam expostos.
Fizemos uma rodada de apreciação.
Quais os tamanhos, os formatos, o material usado, a técnica.
Desenho de observação ou desenho de memória?
Todos treinamos nossa observação e pudemos construir nosso discurso diante daquilo que vimos e sentimos.









Depois dessa roda, a proposta prática.
Explorar um material novo, a espuma.
A partir da espuma como base, nos colocamos a construir aquilo que gostaríamos.










Assim passamos nossa manhã.
No próximo encontro um grupo vai se dedicar ao teatrinho, e outro continuará experimentando materiais.

26.9.17

Grafite no papel

Antes de começar nosso terceiro encontro fomos para a amoreira tentar encontrar algumas frutas maduras e doces.




Quando entramos na sala fizemos uma roda para conversar sobre nossa visita à biblioteca.




Aproveitamos a oportunidade para trazer alguns cadernos e dividir as produções.



Para incrementar ainda mais nossas referências, assistimos uma apresentação de várias imagens de obras que trabalharam um tema de diversas maneiras diferentes.
Foi uma hora de conversa bastante intensa.




Quando chegou a hora de produzir, foi proposto o uso de diversos tamanhos de papel branco, alguns mais finos, outros mais grossos.
Além dos papéis grafites de diferentes espessuras.
Tesoura e fita crepe para quem quisesse extrapolar os limites retangulares do papel.








21.9.17

Visita à biblioteca

Neste nosso encontro começamos com uma experimentação sensorial em diversos materiais.

Examinamos suas qualidades como: cor, dureza, maleabilidade, uso, cheiro, enfim, nos concentramos nas questões física e de aplicação.

Nossa mesa tinha conchas, argila, folhas, flores, plásticos, lixas, uma variedade de coisas diferentes entre si.



Com os sentidos aquecidos, e com as devidas orientações, nos organizamos e caminhamos até a biblioteca para conhecer alguns livros/cadernos de artistas.





Depois dessa visita na qual pudemos conhecer os mais variados livros feitos com materiais inusitados, com formatos diferentes e organizados de maneiras insólitas, voltamos para nosso ateliê e começamos uma conversa sobre a relação entre nossa experimentação com os sentidos e as lembranças de nossa visita à biblioteca.



O que será que nos aguarda semana que vem?